Arquitetura_

Os novos rumos da Avenida Paulista

24.07.2017_ Na última semana aconteceu no Itaú Cultural, em São Paulo, uma palestra sobre os novos rumos da Avenida Paulista com a chegada dos projetos da Japan House, do arquiteto japonês Kengo Kuma, e da nova sede do Instituto Moreira Salles, dos arquitetos Vinicius Andrade e Marcelo Morettin.

 

Vinicius Andrade, do escritório Andrade e Morettin, falou sobre a história da Avenida Paulista desde sua criação em 1891 pelo engenheiro agrônomo Joaquim Eugênio de Lima. Ele falou discutiu o papel da Avenida de ser um lugar para ver e ser visto.

“A Avenida Paulista, todo mundo já sabe, ela foi concebida para ser um eixo de glamour. Ela foi concebida para ser o lugar dos barões de café e também dos comerciantes. Assim a Paulista ia se construindo, uma camada em cima da outra. Mas ela foi imaginada como o lugar da elite, o lugar do privilégio. Ela foi criada para ser o lugar da exclusividade”, resume Vinicius Andrade.

Instituto Moreira Salles Projeto da sede do Instituto na Avenida Paulista Cultura

Na palestra, o arquiteto Marcelo Morettin falou um pouco sobre o projeto da nova sede do Instituto Moreira Salles, na Avenida Paulista, que tem projeto assinado pelo escritório Andrade Morettin e será inaugurada agora no segundo semestre de 2017.

“Um dos mais importantes desafios era imaginar como o edifício ia se comportar na Avenida, e além disso, evidentemente, como organizar o programa do Museu num edifício que a gente já sabia desde o início que seria vertical”, conta Marcelo Morettin.

SAO PAULO - SP / 01.05.2017/ JAPAN HOUSE / DIVIRTA-SE Japan House, casa de cultura niponica na Av Paulista que sera inaugurada no proximo sabado, dia 06, ao lado da praca Oswaldo Cruz, no Paraiso. FOTO AMANDA PEROBELLI/ESTADAO

Na sequência, o arquiteto japonês Kengo Kuma falou sobre o projeto da Japan House, um centro cultural japonês, que foi inagurado em maio na Avenida Paulista. O projeto se destaca pelo uso de elementos naturais, como a madeira japonesa hinoki, material característico da obra dele.

“A Avenida Paulista é um bom exemplo de diversidade, com centros culturais, prédios comerciais, carros e pedestres, de um jeito único. Com a Japan House eu quis adicionar materiais leves e naturais na cidade”, conta Kengo Kuma. Ele misturou madeira japonesa e madeira brasileira, como elementos naturais, à fibra de carbono na estrutura, adicionando tecnologia ao projeto.

Arquitetura_, , , , , .

teto_354x354

assine a newsletter
da teto >

As + Lidas