Allez é a nova marca da empresária Alessandra Estelles

28.08.2017_ A empresária Alessandra Estelles, a frente da Vermeil, lança uma nova empreitada durante a semana de design em São Paulo. Sua loja Empório Vermeil passou por uma grande reestruturação e agora reabre como Allez, com uma linguagem moderna e estilo contemporâneo.

“A Empório Vermeil renasce Allez, Allez na forma, aconchego e na beleza. Vamos seguir caminhos diferentes para as marcas Vermeil e Allez, para criar uma personalidade própria para cada uma, uma vez que por muito tempo estiveram associadas”, conta Alessandra.

 

A Alameda da decoração, a Gabriel Monteiro da Silva, em São Paulo, foi o endereço escolhido para abrigar a nova Allez. O espaço com 220 metros quadrados foi todo remodelado e ganhou nova identidade visual e de comunicação assinados pelo artista José Marton. “O objeto não é mais objeto, ganhou voz de verbo”, finaliza Alessandra.

ALLEZ-3

A marca oferece ao mercado uma coleção de móveis e acessórios de luxo produzidos com madeira certificada e assinados por designers consagrados. Para criar a nova coleção, a Allez convidou alguns designers que desenvolveram linhas com desenhos exclusivos. Os designers escolhidos foram Roberta Rampazzo, Bianca Barbato, Lattoog, Jayme Bernardo e José Marton.

Aparador DOUBLE Roberta Rampazzo Buffet Teorema 2 - Bianca Barbato

Design_, Video_,

Tidelli apresenta novidades para decorar a área externa

24.08.2017_ Durante a feira de decoração High Design Expo, que aconteceu de 8 a 10 de agosto em São Paulo, a marca Tidelli, especializada em móveis para área externa, apresentou as novidades para esse ano.

Peças coloridas, com estrutura de alumínio e destaque para o uso das cordas náuticas. Outra novidade são as peças assinadas por profissionais consagrados como o arquiteto Ruy Ohtake e os designers Mauricio Arruda e Alfio Lisi.

 

 

Entre os destaques, a cadeira Boss desenhada pelo diretor da empresa Luciano Mandelli. Essa é uma versão da clássica cadeira Diretor, mas agora produzida com cordas náuticas, uma marca registrada da Tidelli. “Por ser fixa, não sendo dobrável, nós conseguimos tensionar a corda de tal forma que a cadeira permanece sempre com a ergonomia correta”, revela Luciano.

 

ok poltrona diretor

 

O Mauricio Arruda criou uma releitura da clássica poltrona Espaguete, que ele nomeou de Quintal, nessa nova versão feita com cordas náuticas. A peça tem diversas possibilidade de acabamentos e cores e pode ser personalizada.

 

ok quintal

Já o balanço Pêndulo é uma criação do arquiteto Ruy Ohtake. Com estrutura de alumínio e assento todo tramado com cordas, que pode usado como uma rede.

ok PÊNDULO - POR RUY OHTAKE (2)

Por fim, Alfio Lisi, criou a coleção Amado, inspirada no Jorge Amado e na Zélia Gattai. Poltrona tem base de alumínio, braço de madeira e assento e encosto feito com um trançado de tiras largas e finas com tecido da marca americana Sunbrella.

ok alfio

 

Design_, Video_,

Ron Arad: “Não tente ser os novos irmãos Campana”

24.04.2016_ O arquiteto e designer israelense Ron Arad concedeu entrevista à revista TETO durante sua passagem por São Paulo para uma palestra na Expo Revestir.

Ele falou sobre a importância de não se tornar refém das tendências que surgem no mercado do design e também aconselhou os jovens designers brasileiros a buscarem um caminho de acordo com a sua identidade, no lugar de tentar seguir outros profissionais já consagrados. “Meu conselho é: não tente ser os novos irmãos Campana. Tente ser o novo você mesmo. Não siga os outros, faça com que os outros sigam você”, revela.

 

Para legendas, clique no botão disponível no rodapé do vídeo.

ron-arad-revista-teto-7

ron-arad-revista-teto-4

Ron Arad contou sobre a exposição retrospectiva de sua obra em parceria com a Moroso, que aconteceu na última semana em Milão. São trinta anos de colaboração com a marca italiana. “Porque quando eu olho para trás, eles foram a empresa mais fácil de se trabalhar”, revela. Intitulada Spring to Mind, a exposição foi realizada no showroom da Moroso, durante a semana de design.

Durante a entrevista, Ron também falou sobre como a tecnologia está presente em sua obra e a importância de não deixar com que as máquinas e os softwares sejam reconhecidos em um trabalho antes mesmo da assinatura de seu criador. “Na arquitetura, você olha para um prédio e pensa: certo, eu sei com qual programa ele foi feito. Não é bom. Não é interessante”, revela.

ron-arad-revista-teto-3

ron-arad-revista-teto-1

Quando questionado sobre as tendências no segmento do design, ele acredita que elas servem para atrair as pessoas para um determinado assunto. “As vezes são a ponte para algumas pessoas se juntarem com entusiasmo. Mas espero que cresçam e superem essas tendências”, conta. “E, algumas vezes, você tem que escapar das tendências que você mesmo criou.”

ron-arad-revista-teto-2

ron-arad-revista-teto-5

Ron Arad nasceu em Tel Aviv, Israel e trabalha como designer, arquiteto e artista em seu escritório sediado em Londres. Ele foi chefe do departamento de Design do Royal College os Art, já criou peças em parceria com marcas como Vitra, Moroso, Kartell, Cappellini, Cassina, Alessi e Driade, e também é responsável por projetar edifícios como o Design Museum Holon, em Israel.

ron-arad-revista-teto-6

 

Fotos_ Divulgação

Design_, Video_,

Projeto Habitado: fotografias de Ilana Bessler em uma casa do Metro Arquitetos

23.04.2016_ No último mês aconteceu em São Paulo a primeira edição do projeto Habitado, uma ocupação artística com fotos e vídeos que retratam fragmentos de casas e de ações cotidianas de seus moradores.

habitado_teto9

 

O projeto foi desenvolvido pela fotógrafa carioca Ilana Bessler, com curadoria de Beto Guimarães, diretor de criação da Agência Carme. Em sua fotos, Ilana revela com simplicidade o comportamento humano sob uma ótica íntima e pessoal. “As imagens buscam a banalidade estética. A cena que não representa nenhuma ocasião comemorativa, o ambiente desarrumado, o oposto do preparado, do icônico, do memorável”, resume Ilana Bessler.

habitado_teto5

A primeira exposição do projeto Habitado aconteceu na Casa BN, projeto do escritório Metro Arquitetos que acabou de ficar pronto. “A ideia foi levar, de forma inusitada, pequenos fragmentos da vida para uma casa ainda sem histórias. As imagens e vídeos convidam o público a percorrer o espaço e vivenciar o entrelaçamento da arte com a arquitetura”, resume a fotógrafa.

habitado_teto6

habitado_teto7 habitado_teto8

Localizada no Jardim Paulistano, a casa de 438 metros quadrados é composta por quatro volumes de diferentes alturas, executados em concreto aparente e interligados por áreas de circulação envidraçadas. O layout contempla um pátio interno bem marcado, que amplia a relação do exterior com o interior.

habitado_teto10 habitado_teto11 habitado_teto12

 

Fotos_ Divulgação

Arquitetura_, Video_,

teto_354x354

assine a newsletter
da teto >

As + Lidas